Viagem

Intervenções artísticas aprofundam a experiência no Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Em 2023, haverá seis dinâmicas que combinam performances com as temáticas dos eventos culturais no Vale do Café (RJ)

O calendário cultural do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos, espaço educativo e cultural da Light em Rio Claro (RJ), ganhou uma atração a mais em 2023: as intervenções. Trata-se de dinâmicas artísticas que ocorrem no sábado anterior aos eventos agendados, no dia, e no fim de semana seguinte, sempre provocando o envolvimento do público nas temáticas propostas. Os seis eventos programados para o ano terão essas novas camadas de reflexão para aprofundar a experiência no Parque de maneira participativa.

As intervenções bebem na fonte do ‘happening’, uma forma de expressão planejada que combina características das artes cênicas com elementos de espontaneidade, improvisação, imprevisibilidade e participação do espectador. Além de dialogarem com a programação dos eventos, as intervenções sempre tocarão, de uma maneira ou de outra, o tema da memória.  

O projeto do Parque este ano conta com o talento de dois jovens arte-educadores que contribuem para conceituação, conteúdo e performance das intervenções: Rodrigo Pajeú, educador, artista visual e designer que tem como campos de investigação o design, o patrimônio e a memória gráfica para valorização de territórios, as artes visuais e a mediação educativa, e Thays Santos, atriz, arte-educadora, produtora cultural, percussionista, contadora de histórias e artesã. 

A primeira série de intervenções, que relaciona-se com o evento ‘Exposição Mulheres de São João Marcos – Transgênero e preconceito’ – no dia 18 de março – será realizada nos dias 11, 18 e 25. Por meio de uma personagem e abordagem específicas, tem o objetivo de sensibilizar o olhar em relação ao patrimônio de São João Marcos a partir de estímulos artísticos para a ressignificação e a continuação de sua memória. 

Sobre o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos
Inaugurado em 2011, o Parque é um espaço educativo e cultural da Light em Rio Claro (RJ) mantido com o patrocínio da empresa, do Governo do Estado do Rio de Janeiro, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e conta com recursos do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O Instituto Cultural Cidade Viva é o parceiro na gestão-executiva do projeto.

Conecte-se:
Facebook e Instagram: @parquesaojoaomarcos
Site: www.saojoaomarcos.com.br

E-mail: [email protected]

Rogerio Silva

Rogério Silva é Jornalista, Historiador e Fotografo Profissional. Cursou Marketing Digital na Faculdade Castelo Branco, é morador da Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *